sábado, 10 de setembro de 2011

Investimento em ciência e tecnologia será reforçado com lançamento do Programa “Avançar em CT&I"


A consolidação dos investimentos na área de Ciência, Tecnologia & Inovação (CT&I) é de fundamental importância para que atividades de pesquisa se desenvolvam no Rio Grande do Norte. Assim, diante da crescente demanda com o surgimento de trabalhos técnicos produzidos por cientistas, pesquisadores e acadêmicos da área, é preciso elaborar um modelo de desenvolvimento sustentável para a ciência.
 
Ao todo, estão programados recursos na ordem de R$ 21 milhões para investimento em CT&I referentes ao biênio 2011/2012. Em convênio com o Governo Federal, através do CNPq e Finep, quatro editais já foram lançados pela FAPERN neste ano: o primeiro para apoiar pesquisa e inovação em pequenas e micro empresas (Pappe Integração/Inova RN); pesquisas científicas nas universidades e demais ICTs (Programa Primeiros Projetos e Programa de Apoio à Pesquisa de Núcleos Emergentes); e a eventos de divulgação científica.
 
Também está prevista a criação do Instituto Internacional de Tecnologia em Energia Eólica (IITEE), voltado à pesquisa em energias renováveis, com foco na energia eólica, atuando com pesquisa, ensino, serviços e treinamento (formação). O projeto receberá R$ 10 milhões em recursos, oriundos de Parceria Público-Privada (PPP).
 
Para 2012 estão previstos o lançamento de outros editais, como o Programa de Bolsas em convênio com a Capes – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Através dele, serão distribuídas bolsas para os níveis de doutorado, mestrado, apoio técnico, programa de apoio à iniciação científica (Pibic) e Pibic Júnior, esta destinada a estudantes de nível médio.
 
 
PROPOSTAS
O Programa "Avançar em Ciência, Tecnologia e Inovação" traz uma série de propostas à Comunidade Científica, buscando apoio para difundir e ampliar ações ligadas à ciência no estado. Entre essas ações está o incentivo à inovação tecnológica das empresas e a criação da Lei de Inovação do Estado do RN, que estabelece diretrizes para incentivo à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo.
 
As áreas estratégicas para o desenvolvimento do RN – agronegócio, alimentos, aquicultura, biotecnologia, energias renováveis, infraestrutura urbana, entre outras – também fazem parte do programa, sendo beneficiadas a partir da implantação de políticas de fomento à pesquisa e desenvolvimento (P&D).
 
O "Avançar em CT&I" também propõe apoio à elaboração de projetos para desenvolvimento social. Com foco na ciência e tecnologia, o programa estabelece parcerias institucionais para viabilizar a construção das Cidades da Ciência de Natal e Mossoró, além de garantir a operacionalização de suas atividades (recursos humanos, físicos, equipamentos e manutenção). O lançamento de editais anuais para apoio às ações relacionadas com a difusão e popularização da ciência também estão incluídos; uma maneira de manter a regularidade dos editais de apoio à realização de eventos científicos no RN.

Governadora afirma que foco da gestão é a cadeia produtiva


A governadora Rosalba Ciarlini assinou convênios com municípios das regiões Oeste, Salineira e do Vale do Açu. A solenidade ocorreu na manhã desta sexta-feira, 9, no auditório da II Unidade Regional de Saúde Pública (II URSAP), em Mossoró. Os convênios são para duas ações distintas: Compra Direta de Alimentos da Agricultura Familiar e ao Seguro Safra. No primeiro programa, o Governo do Estado direciona R$ 5 milhões em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Já para o Seguro Safra, a ação beneficiará 48 mil trabalhadores rurais em 2012, caso haja excesso de chuvas ou período de seca. Cada agricultor receberá 680,00. A meta anunciada pela governadora Rosalba Ciarlini é chegar a todos os municípios potiguares.
"O Seguro Safra, a sua manutenção, era necessário, pois no ano passado tivemos dificuldades. Tivemos que pagar R$ 920 mil ao Governo Federal quando assumimos o Governo, pois 27 mil agricultores ficariam sem receber o seguro ainda do ano passado", disse a governadora, acrescentando que nenhum programa do governo passado será encerrado. "Podem dizer que estou apenas dando continuidade às ações, mas digo aqui que estou fazendo o que foi deixado de fazer", afirmou.
A governadora disse ainda que o foco do Governo do Estado no campo será acentuado e que as ações governamentais chegarão aos trabalhadores rurais. "Nada é mais certo nesta vida: se não existir vida no campo não haverá vida na cidade", disse, acrescentando que uma das ações mais acertadas do Governo do Estado diz respeito ao programa Compra Direta de Alimentos da Agricultura Familiar. "A nossa expectativa é que todos os municípios potiguares possam participar. Investiremos R$ 8 milhões e esse dinheiro vai circular na economia dos municípios, bem como os valores que serão pagos do Seguro Safra, se for necessário."
Rosalba informou que o Governo do Estado pretende investir mais na área do campo e citou como exemplo de  ação direta nesse sentido o programa "RN Maior", cuja atividade será marcada pelo combate à miséria. "Queremos proporcionar o desenvolvimento e a cidadania. Já apresentamos as diretrizes desse programa ao Governo Federal e ainda iremos apresentar essas ações à sociedade do Rio Grande do Norte. É um programa global de combate à miséria que reúne educação, saúde, infraestrutura e um apoio maior ao homem do campo", afirmou a governadora.
O secretário estadual de Agricultura, Pecuária e da Pesca, deputado federal licenciado Betinho Rosado, informou que o Compra Direta irá beneficiar escolas municipais, creches, grupos de idosos e demais instituições que necessitarem de reforço alimentar. "Os recursos de R$ 8 milhões são para comprar alimentos da agricultura familiar e já fazem parte da ação do programa de combate à miséria que a governadora acabou de informar", disse.
A delegada do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Maria do Socorro Oliveira, afirmou que o órgão federal poderá ter uma participação maior nessas ações e disse que se o Governo do Estado se organizar para ampliar a demanda, a parceria entre os dois governos criará condições de ampliar e expandir as ações do Seguro Safra no Rio Grande do Norte.
A delegada do MDA no Rio Grande do Norte informou que antes o benefício do Seguro Safra chegava apenas em sete municípios do Rio Grande do Norte, mas agora, segundo ela, o número passou para 104 cidades potiguares. Com relação ás ações do Compra Direta, Maria do Socorro frisou que 70% do alimento ofertado nas cidades são da agricultura familiar. "É importante que se invista mais na agricultura familiar", comentou.
Fotos: Carlos Costa

Escolas Estaduais voltam a participar do desfile cívico em Mossoró


A rede estadual de ensino voltou a participar do desfile do dia 7 de Setembro depois de dez anos fora das atividades cívicas. Cerca de mil alunos de 32 escolas estaduais integraram a programação desenvolvida na manhã desta quarta-feira (7), em Mossoró. O desfile ocorreu na Avenida Alberto Maranhão, onde tradicionalmente os eventos do gênero são realizados.
 
Para a diretora da 12ª Diretoria Regional de Educação (DIRED), professora Magali Delfino, os alunos da rede estadual de ensino se mostraram satisfeitos e felizes em participarem do desfile cívico. "Eles estavam alegres, e os pais mais ainda", afirmou, acrescentando que a representação das unidades estaduais de educação garantiu um público superior a duas mil pessoas na avenida.
 
Magali Delfino informou que os alunos homenagearam o folclore de vários Estados brasileiros e que todo o figurino, bem como a coreografia, foram elaborados ainda este ano, como parte das atividades do programa Mais Educação.
 
Para o evento, a diretora da DIRED informou que teve apenas 15 dias para organizar a participação das escolas. "Conversamos com os gestores das escolas e com os coordenadores do programa Mais Educação. Todos concordaram e foi muito fácil", disse.
 
Para o próximo ano, Magali Delfino acredita que a participação das escolas estaduais será maior, dependendo do acerto com a coordenação do desfile cívico em Mossoró. "Temos 86 escolas e acredito que a participação será maior no próximo ano."
 
Com relação ao desfile alusivo aos festejos do dia 30 de Setembro, feriado municipal no qual todas as formas de liberdade são comemoradas, a diretora da DIRED disse que reunirá os diretores e coordenadores para discutir essa possibilidade.
 

Home with right posts

?max-results="+numposts3+"&orderby=published&alt=json-in-script&callback=showrecentposts3\"><\/script>");

Home with right posts 2

Slider right list post