quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Governadora prestigia cultura popular dos bairros da Zona Oeste de Natal


A governadora Rosalba Ciarlini conferiu a apresentação dos mais de 1500 alunos da rede pública de Natal, Mossoró e São Gonçalo que desfilaram pelas ruas do bairro das Quintas, zona Oeste da capital nesta quarta-feira, (24).
 
Os jovens dançaram xaxado, capoeira, côco de roda e pastoril em diversas apresentações em frente ao Mercado das Quintas, no final do trajeto do cortejo que percorreu todo o bairro.
 
De acordo com a professora Edinalva Vasconcelos, objetivo dos cortejos de levar a cultura popular aos bairros de Natal está sendo alcançado. "Pudemos notar que as comunidades estão muito felizes em participar e já nos cobram a continuidade desse evento para os próximos anos", disse a professora.
 
Além das escolas da capital, escolas do interior também estão participando dos cortejos. No evento da zona Oeste 20 escolas de Mossoró marcaram presença. "Todos querem mostrar sua cara e sua cultura esse evento já traz a identidade do Rio Grande do Norte", disse a governadora Rosalba Ciarlini
 
A secretária extraordinária da Cultura, Isaura Rosado, frisou a importância da participação das escolas dentro da programação do Agosto da Alegria. "A valorização da cultura começa dentro das escolas com os jovens, essa parceria é fundamental. Através dessas ações o Agosto da Alegria vai se fortalecer cada vez mais para os anos vindouros", disse a secretária.
 
Amanhã, (25), o cortejo acontece na Zona Leste de Natal com saída da Escola Estadual Izabel Gondim - Rocas, seguindo pela Rua Pereira Simões, Rua do Areial, Rua Miramar até a Praça do Pescador na Praia do Meio.
 

EQUIPE:
Texto – Mara Medeiros
Imagens – Ivanízio Ramos

Sescon/RN participa de reunião sobre SPED Fiscal na SET


O SPED Fiscal continua sendo um tema polêmico para empresários, contadores e administradores. Na tarde desta quarta-feira (24), diversas entidades de classe como o Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do RN (Sescon), CDL, Fecomercio, Sebrae, Sindicato das Empresas de Informática e Associação das Empresas de Tecnologia da Informação do RN se reuniram na Secretaria Estadual de Tributação para debater o assunto.
 
As empresas potiguares têm até o dia 30 de setembro para enviar ao Fisco as informações contábeis do ano inteiro em um documento digital, o chamado SPED Fiscal. O prazo é que tem sido motivo de controvérsia. Contadores e empresários defendem que a data de entrega seja esticada, já que não estão conseguindo atender às exigências do governo federal. O executivo estadual, por sua vez, diz que o adiamento implicaria em novos atrasos no cronograma tributário potiguar.
 
Segundo o vice-presidente do Sescon/RN, Fábio de Miranda, que participou da reunião desta tarde, a melhor maneira de se implantar o SPED Fiscal no Rio Grande do Norte é unindo os quatro pilares envolvidos no processo: contadores, empresas de software, Fisco e empresários. "Defendemos uma implantação conjunta entre os quatro pilares de forma que todo contribuinte se adeque a essa nova realidade fiscal brasileira", acrescenta.
 
Além de unir as quatro forças, o Estado terá que treinar empresários, contadores e administradores para essa nova realidade. "Muita gente ainda nem sabe o que é SPED", frisa Miranda. O tema volta a ser debatido em audiência pública na próxima terça-feira (30), às 10h, na Assembléia Legislativa.

Home with right posts

?max-results="+numposts3+"&orderby=published&alt=json-in-script&callback=showrecentposts3\"><\/script>");

Home with right posts 2

Slider right list post