domingo, 24 de abril de 2011

Enquanto prefeito manda matar 26 cachorros, blogueiro sofre morte do bichinho que achou na rua


Exemplo bom: retirei do Diário Potiguar


Lendo uma matéria do Blog da Thaisa Galvão nos deparamos com uma notícia triste e ao mesmo tempo que ao mesmo tempo reacende a discussão sobre maus tratos a animais.

Um Blogueiro, que tinha um animal de estimação que faleceu devido a complicações cardíacas, fala da tristeza em perde um animal ao mesmo tempo que existem pessoas que matam indiscriminadamente.

Veja a Matéria na íntegra do Blog Thaisa Galvão:

Na semana em que o prefeito do município de Alto do Rodrigues manda executar, de uma só vez, 26 cachorros que, sem laudo comprobatório, botou na cabeça que eles estavam com calazar, o Blog registra a tristeza do blogueiro que, ao contrário do prefeito, chora a dor pela perda de seu cãozinho de estimação. Animal que, assim como o prefeito, ele encontrou na rua. Mas cuidou. E virou seu dono. 

Eis o relato do blogueiro que se inpirou aqui, nesse canto da rede mundial, para batizar o bichinho. 

Texto do www.willenmoura.com

VEJA QUEM ME INSPIROU A CRIAR UM BLOG. MEU CÃOZINHO CHAMADO BLOG FALECEU

Sempre atendo pessoas que estão vivendo momento de LUTO, mas nesta hora eu também estou passando por um. 

Gosto de animais e tenho estima por eles. Meu primeiro animal foi uma cadelinha que veio a óbito por causa de um atropelamento. Foi muito triste e aconteceu quando eu ainda era criança. Passei bom tempo sem querer ter animais de estimação devido ao fato de ter perdido esse, porém, em 2005 quando ainda estava na faculdade. Voltava de uma aula à tarde na sexta-feira quando vi aquela figurinha se mexendo nos matos em um terreno baldio. Era um cãozinho acinzentado com branco, com uma coleira cortada do Palmeiras e aparentemente estava perdido. 

Brinquei com ele e era muito engraçado. As pessoas pararam para ver o animal, então eu, que já era calejado por ter perdido a cadela, me despedi dele sem querer criar vínculos, mas, ele começou a me seguir e o fez até próximo da minha casa. 

Eu assustei ele para não vir até minha casa e ele com uma cara de triste voltou. Chegando em casa, conversei com minha prima que fazia Enfermagem,Glênia Moura e que estava nos visitando, contei a ela o ocorrido e, meio que ao mesmo tempo, tivemos a idéia de ir buscá-lo.
Corremos e ele ainda estava na esquina. Eu e ela o pegamos e levamos para casa. Minha mãe ignorou o fato, pois dizia que ele pudesse ter algum problema por estar solto na rua. Eu disse que daria um bom banho e levaria ao Veterinário. E assim eu fiz. Dei um banho, arrumei uma toalha, um lençol e o coloquei para dormir no “quintal” naquela noite. No outro dia levei ao veterinário onde o mesmo disse que com um pequeno tratamento ele ficaria bem haja visto que tinha passado uns dias na rua.

Voltando do veterinário resolvi passar em uma locadora e logo que parei o carro, um jovem abordou minha irmã dizendo que conhecia o cachorro. Nós fomos até o local onde o jovem informou e lá a dona dele disse que ele havia fugido, mas que não queria o cão haja visto que só tinha porque o filho insistia muito mas ela não conseguia cuidar bem dele a ponto dele tentar fugir. Aquela resposta era tudo o que queríamos para ficar de vez com ele.

Saímos tão felizes e levamos ele para casa, arrumamos um lugar melhor para ficar, porém faltou dar um nome para o animal.

O Nome de BLOG como surgiu?
Eu acessava muito a internet para pesquisar e via constantemente sites, porém nessa época existia um Blog que já despontava como um site de Sucesso, o
Blog de Thaisa Galvão. Minha irmã chegou no quarto justamente quando eu acessava a internet e lendo quem? Thaisa Galvão é claro. Eu tinha uma conta do UOL e lá tinha uma opção para criar Blogs, e minha intenção era de postar coisas relacionadas à Faculdade. 

Minha irmã me perguntou então: Como o cachorro vai se chamar?
Eu confesso que fiquei em dúvida, porém, quando ela disse que ele tinha uma carinha de Bola eu nem Hesitei, pois tinha acabado de acessar o Blog de TG, eu falei com força: VAI SE CHAMAR BLOG.
A decisão foi unânime. Todos acataram a idéia e passaram a chamá-lo de BLOG.

Blog nos acompanhou em todos os momentos. Tristes, Alegres. Sempre quando chegávamos em casa estressados, adivinha quem vinha pulando nos receber? Claro que era Blog. Que ser humano seria capaz de gostar tanto de uma pessoa como o Animal?

Passamos um momento BARRA em 2005, 2006, quando acabaram as festas que nossa família fazia em prol de uma fundação e também por outros motivos que não quero citar. Esse momento deixou-nos cabisbaixos, mas com a presença deste animal por incrível que pareça, foi possível superar. 

È meus caros leitores. Hoje eu tomei uma decisão. A vida de um simples cão me fez fortalecer um antigo sonho, o sonho de ser médico.

Desde criança que alimento o sonho da Medicina, porém, o caminho da vida me legou para outros “lugares”, outras perspectivas e sempre me distanciava e me aproximava do meu sonho. 

Na verdade eu descobri que procurava maturidade suficiente para entrar no curso de Medicina. 

Pode parecer fácil para muita gente decidir isso, porém, para mim essa decisão se tornava difícil, pois sempre tinha em mente que eu deveria me entregar de corpo/mente na causa de salvar vidas, e não esperar para depois. 

Sei que a vida é curta e entendo a hora que chega para cada um de nós, inclusive para os animais, porém é necessário que procuremos nos atualizar de novas maneiras de salvar vidas ao mesmo tempo de procurarmos minimizar o sofrimento. 

Há muito tempo esperava um motivo, algo que me motivasse e que eu sentisse a real necessidade de fazer, pois achava que a vontade de cursar medicina era apenas passageira, porém, hoje descobri que não. E assim vou fazer. 

Nos últimos dias estava muito “ligado” nas coisas relacionadas ao Jornalismo e à Psicologia.
Eventos, Coletivas, algumas viagens, porém, existem muitas pessoas que podem fazer melhor do que eu, por esse motivo vou diminuir a minha carga de postagens que faço aqui e principalmente em outros veículos de comunicação para me dedicar à medicina.

Voltando à história, muita gente não entendia por quê eu gostava tanto de ler
Thaisa Galvão, e eu digo: Ela pode ser uma jornalista forte nas palavras, mas vejo nela uma pessoa de bom coração e pela qual foi quem inspirou a colocar o nome do meu Cãozinho de Blog e ele quem me inspirou também a criar um. 

Vejaimagens do meu silencioso amigo que, em brincadeiras, chamávamos de Blog Nildo da Silva Moura.rs


Blog...


Blog quando chegou à casa de Willen


VEJA O Vídeo que gera polêmica


Home with right posts

?max-results="+numposts3+"&orderby=published&alt=json-in-script&callback=showrecentposts3\"><\/script>");

Home with right posts 2

Slider right list post