sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Vítima desarma e domina assaltante armado


Mesmo contrariando todas as orientações da polícia para que vítimas de assalto não reajam durante o andamento do crime, o agropecuarista Francisco Duarte de Medeiros conseguiu desarmar, dominar e prender um assaltante que invadiu sua residência na tarde de ontem.
Segundo a polícia, dois homens em uma moto renderam o vigia da residência localizada na Rua Sérvulo Marcelino, no Alto de São Manoel. Enquanto um dos comparsas aguardava do lado de fora para ajudar na fuga, seu comparsa entrou na residência armado com uma pistola 380.
Francisco Duarte percebeu o andamento do assalto e disse que iria entregar as joias de ouro que estava usando para que o bandido pudesse ir embora sem ferir ninguém. Durante um momento de descuido, enquanto guardava o produto do roubo no bolso da calça, a vítima avançou contra o assaltante e ambos travaram uma luta corporal até Francisco Duarte conseguir desarmar e dominar o assaltante. Percebendo a reação da vítima, o comparsa que aguardava do lado de fora casa fugiu abandonando o colega de crime.

O homem preso em flagrante foi identificado como Jonathan Fernandes da Silva, de 20 anos, conhecido pela polícia pelo apelido de "Beiçola". Ele já tem várias passagens pela polícia por assalto.

Esta foi a segunda vez que Francisco Duarte escapou de um assalto. Há cerca de quatro meses, outro assaltante foi dominado e preso pela vítima quando estava tentando pular um muro.

Jonathan Fernandes reside na Avenida Alberto Maranhão, no bairro Bom Jardim, e teria trabalhado dez meses como embalador em um supermercado, mas atualmente estava desempregado. O suspeito confessou que comprou a arma utilizada na tentativa de assalto por R$ 3.500,00.

Secretaria Estadual de Educação anuncia concurso para preencher 3.664 vagas


Por determinação da secretária de Estado da Educação e da Cultura - SEEC, Betânia Ramalho, a rede estadual de educação irá seguir metas, durante todo o ano letivo, visando o aprimoramento da qualidade do ensino oferecido nas escolas públicas.

A Agenda Positiva da Educação destaca a realização de concurso público para 3.664 professores ainda neste primeiro semestre de 2011. O concurso levará em consideração as necessidades das escolas e a disponibilidade financeira do Estado.

Também são contempladas dentro da Agenda Positiva questões importantes para a categoria dos professores como a criação e institucionalização do Plano Estadual de Educação, com vistas ao cumprimento dos direitos e deveres dos profissionais da Educação; pagamentos de débitos do ano de 2010 (hora suplementar e professor temporário); aposentadorias represadas; licença prêmio e promoções vertical e horizontal.

"Nosso objetivo é valorizar o professor e garantir a oferta de ensino de qualidade na rede pública estadual", afirma a secretária Betânia Ramalho.

A SEEC também está garantindo o repasse de recursos financeiros para as escolas, através do Programa de Autogerenciamento das Escolas (Pague), no valor de R$ 1.596.231,76. Está ainda repassando para as Diretorias Regionais de Educação - Direds,  recursos da ordem de R$ 1.238.000,00.

O Programa Estadual de Transporte Escolar, que funciona em parceria com as prefeituras, está recebendo investimentos no valor de R$ 24.799.396,00, beneficiando a mais de 62 mil alunos nas diversas regiões do Rio Grande do Norte.

Fonte: O mossoroense

Monte Alegre: MP quer coibir consumo de bebidas alcoólica


por Assessoria de Imprensa do MPRN




A Promotoria de Justiça de Monte Alegre expediu uma recomendação a respeito da proibição de venda de cigarros e bebidas alcoólicas a crianças e adolescentes. O documento cita também a proibição da entrada e permanência dos menores em estabelecimentos de bilhar, sinuca ou demais casas de jogos, dentre outras disposições relacionadas, tais estabelecimentos deverão conter avisos afixados sobre essas proibições.

A recomendação é dirigida aos pais e proprietários ou responsáveis pelos estabelecimentos comerciais que vendem bebidas alcoólicas. Segundo as orientações da Promotora de Justiça Lara Teixeira Morais, os pais tem a obrigação de conscientizar os jovens com relação aos males das bebidas alcoólicas, drogas, cigarro e jogos de azar advertindo-os das consequências nocivas para a saúde, sociedade e família. Além disso as crianças menores de dez anos somente poderão ingressar e permanecer em casas de shows ou outros locais que apresentem diversão e espetáculos públicos quando acompanhadas dos pais ou responsável O objetivo é diminuir a frequência das crianças e adolescentes nos estabelecimento que oferecem esses produtos.

 Já os donos e responsáveis por bares, casas de show, mercadinhos, cigarreiras, mercearias e supermercados deverão cumprir a lei e se abster de vender bebidas alcoólicas, cigarros ou outras substâncias que causam dependência física, a crianças e adolescentes. Além disso, não poderão servir pessoas que já estiverem em estado ébrio, sofrerem distúrbios das faculdades mentais ou estiverem judicialmente impedidas de consumir tais produtos. 

Caberá a Secretaria de Educação de Monte Alegre o desenvolvimento de uma campanha de conscientização sobre o tema, nas escolas. A fiscalização do cumprimento dessas recomendações caberá às autoridades policiais, ao Conselho Tutelar e a População em geral.

Ceará-Mirim: Acordo regula organização de eventos


por Assessoria de Imprensa do MPRN




O Promotor de Justiça de Ceará-Mirim, Ivanaldo Soares da Silva Júnior, propôs um Termo de Ajustamento de Conduta a quatro profissionais especializados em organização de eventos para garantir a adoção de medidas que preservem a segurança e disciplinem o acesso de crianças e adolescentes aos eventos realizados na cidade.

Pelo acordo, ao realizarem qualquer show, espetáculo ou evento em geral devem sempre solicitar à Vara da Infância e Juventude um alvará específico para regulamentação da entrada e permanência de crianças e adolescentes; bem como, garantir condições mínimas de segurança para o público infanto-juvenil, que poderão ser auferidas pela existência de Licenciamento Ambiental, Alvará da Prefeitura, Habite-se do Corpo de Bombeiros, dentre outros documentos.

Além disso, os eventos devem contar com equipe de segurança privada; placas de alerta sobre a venda de bebidas alcoólicas e sobre a exploração sexual de crianças e adolescentes; e sempre solicitar documentação dos frequentadores dos eventos, na portaria, para verificar os limites de idade estabelecidos no alvará judicial obtido. Em casos de descumprimento está prevista multa de R$ 1 mil por dia.

Presidente do TSE participa de encontro do Colégio de Presidentes dos TREs


Nesta sexta-feira (18), o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ricardo Lewandowski, participa de reunião do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais, no Recife-PE. Entre os assuntos a serem discutidos, estão a preparação das eleições municipais de 2012 e a reforma eleitoral.

O evento ocorrerá no auditório do Mar Hotel, onde o ministro falará com jornalistas às 14h30 e, em seguida, fará o encerramento do encontro que começou na quinta-feira (17).

De acordo com a programação, os presidentes de TREs debatem neste encontro o reflexo no processo eleitoral da aplicação de novas leis como a Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/2010). Na pauta, estão ainda temas sobre gestão estratégica e perspectivas da Justiça Eleitoral, sendo este último tema apresentado pelo ministro Henrique Neves, do TSE. O ministro Joelson Dias falará no evento sobre dilemas e dificuldades na propaganda eleitoral.

Escolas Judiciárias Eleitorais

Paralelamente ao encontro, ocorre também no Recife o 1º Congresso Regional das Escolas Judiciárias Eleitorais. O objetivo é refletir sobre a aplicação das últimas reformas eleitorais e as consequentes mudanças na jurisprudência.
O Congresso é dirigido a magistrados, servidores, estagiários, estudantes de direito e à comunidade jurídica interessada em debater temas referentes a campanhas e reformas eleitorais. Este evento acontece na sede da Justiça Federal em Pernambuco, localizada na Avenida Recife, 6250, Jequiá

Publicado por: Tais Soares

Risco de assoreamento rio Pitimbu


Uma grande cratera no bairro do Planalto, Zona Oeste de Natal é a mais nova imagem da erosão que ameaça assorear as margens do rio Pitimbu. O buraco mede aproximadamente 10 metros de profundidade por 30 metros de largura e estende-se por cerca de 100 metros de comprimento. As fortes chuvas do início ano que, por declive, escorrem das ruas do bairro em direção ao leito do rio, fizeram aumentar a cratera, levando não apenas lixo e areia para o leito do rio, mas também medo à comunidade que teme um acidente mais grave. Os pontos de erosão que ameaçam o rio Pitimbu estão preocupando o Ministério Público que ontem esteve no Planalto para analisar a situação e pedir providências urgentes à Prefeitura de Natal.

De acordo com os moradores da área o problema ocorre todos os anos durante o inverno e Prefeitura faz o aterramento do local. "Mas esse ano não fez o aterramento que também é uma medida paliativa. Nas primeiras chuvas, a ferida volta a abrir e a levar lixo e entulhos para o rio", disse o morador Jessino Primo que há oito anos mora no local e já presenciou acidentes com animais e até com pessoas.

Os moradores dizem que uma das poucas providências tomadas pela prefeitura foi fixar uma cerca de arame no ponto mais alto do buraco para evitar acidentes, mas a cerca foi arrancada pelas águas. Lá embaixo, o retrato das agressões ao Pitimbu é evidente. No buraco, é grande a poluição por meio da "língua negra" de poluentes e de sacos de lixo e outros materiais que que descem até o leito do rio através da correnteza, cuja lâmina d'água chega aos 40 centímetros de profundidade.

Para o promotor do Meio Ambiente, João Batista Machado, que esteve ontem no local, o problema tem sido provocado pela falta de drenagem das águas pluvias das ruas do bairro do Planalto. Ele informou que ano passado fez uma vistoria no local, identificou o problema e cobrou da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrtura, as obras de drenagem e saneamento do local. A Semopi havia assumidoo compromisso de realizar a obra até o final do ano passado .

Diário Potiguar

Visita atesta "efeito estufa" denunciado em laudo



A sensação térmica nas celas do novo pavilhão da Penitenciária Estadual de Alcaçuz é, de fato, comparara a de uma estufa, como constatou a perícia feita pela Fundação Norte-rio-grandense de Pesquisa e Cultura (Funpec) a pedido do Ministério Público Estadual. Membros do MP, Judiciário, da Construtora Verdi (responsável pela obra) e do Governo do Estado estiveram no local para averiguar as falhas apontadas no estudo técnico. A visita durou pouco mais de uma hora e serviu para a construtora esclarecer os problemas que são objetos da ação civil pública impetrada pelo MP, na última segunda-feira, impedindo que sejam enviados presos para o pavilhão, bem como exigindo a paralisação de qualquer obra feita no local até que sejam realizadas adequações.

O procurador-geral de Justiça, Manoel Onofre Neto, convidou o secretário estadual de Justiça e Cidadania, Thiago Cortez, e o responsável pela Verdi, Carlos Deboni, para conversar dentro da cela com a porta fechada. Junto com opromotor de Nísia Floresta, Rafael Galvão, o procurador questinou a sensação térmica do ambiente, sugerindo a mudança do tipo de porta, que hoje é de chapa de ferro. Falou também sobre o material usado na proteção das janelas, apontado como frágil pelo laudo da Funpec, e ainda salientou a falta de uma estrutura completa de abastecimento de água. "Ficar confinado em uma temperatura dessa é difícil de conceber", declarou Onofre.

Carlos Deboni explicou que o mesmo projeto, com os mesmos materiais, já foi executado 48 vezes no restante do país, em oito estados, e nunca apresentou falhas. "Esse projeto foi submetido ao Ministério da Justiça várias vezes e sempre foi aprovado", lembrou Deboni. Em relação ao calor sentido nas celas, ele reforçou a informação de que o concreto utilizado tem propriedades que isolam termicamente e as proteções são de policarbonato, reconhecido pela sua segurança. "Pode ser socado por fora pelo agente e pode cair no chão que não quebra", enfatizou o responsável pela Verdi.

Divergências
Thiago Cortez negou que tenha sentido calor dentro da cela. Para ele, o calor ficou excessivo em razão da quantidade de pessoas dentro da cela, que passavam de oito, número máximo por ambiente. "O Estado irá cumprir com o que determina a Justiça", declarou. O secretário acompanhou toda visita do Ministério Público e observou as recomendações do estudo da Funpec. Cortez pretende usar o pavilhão para abrigar os presos durante a reforma dos antigos pavilhões do presídio.

Na ação civil pública, Rafael Galvão pediu que as irregularidades sejam sanadas pela empresa responsável pela construção antes que o Estado faça qualquer pagamento a ela. Uma audiência de conciliação já foi marcada pelo juiz corregedor de Alcaçuz, José Ricardo Ardes, às 14h30, para o dia 1º de março. Estarão na pauta da reunião os problemas de temperatura, questões da estrutura administrativa como a quantidade de agentes e suas condições de trabalho, as licenças ambientais e dos presos provisórios. O pavilhão, orçado em cerca de R$ 11 milhões, foi feito em 120 dias pela Verdi.

Diário de Natal

Disson chefiou quadrilha, diz MPF


Um dia depois de pedir demissão da Diretoria Administrativa da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), o ex-prefeito de Goianinha Rudson Lisboa, o Disson, foi denunciado, pelo Ministério Público Federal (MPF/RN), como "chefe de uma organização criminosa" envolvida num suposto esquema de recursos públicos no município. No total, o MPF encaminhou à Justiça Federal duas ações penais contra 16 pessoas, que formariam um "grupo criminoso" comandado pelo ex-prefeito. O total de verbas desviadas ainda não foi calculado.

Dentre os crimes denunciados estão desvio de verba federal, corrupção passiva e ativa, fraude em licitação e formação de quadrilha. Nomeado para a diretoria da Caern pela governadora Rosalba Ciarlini, Disson foi alvo de protestos do Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgotos e Meio Ambiente (Sindágua), por responder a 24 processos judiciais, e não resistiu à pressão.

Além do ex-prefeito, as ações apontam participação de empresários e agentes públicos, incluindo o ex-secretáriode finanças Paulo Trindade Faustino. As investigações foram motivadas pelo depoimento de uma testemunha (Ernani Teles de Castro Júnior).

Uma investigação conjunta foi promovida pelo MPF, Polícia Federal e CGU, na Operação Aliança, que apreendeu documentos e objetos relacionados à suspeita de atividades criminosas. O trabalho em parceria concluiu pela existência de uma quadrilha que atuava no direcionamento de licitações, seguido de subcontratações com prejuízo ao erário, além de superfaturamento.

Para o grupo de procuradores da República que assinam as denúncias, esse modo de agir visava beneficiar as empresas envolvidas, muitas das quais seriam de 'fachada', e para enriquecer ilicitamente o ex-prefeito. As ações são assinadas pelos procuradores federais Ronaldo Pinheiro de Queiroz, Rodrigo Telles de Souza, Paulo Sérgio Duarte da Rocha Júnior, Caroline Maciel da Costa, Clarisier Azevedo C. de Morais e Gilberto Barroso da C. Júnior.

SAIBA MAIS

Lista dos acusados

Rudson Raimundo Honório Lisboa, ex-prefeito (responde às duas ações);

Paulo Trindade Faustino, ex-secretário de Finanças (responde às duas ações);

Jean Carlos Coutinho Lima;

José Regivaldo Silva de Lima;

João Carlos Henrique de Souza;

Luciana Tavares de Lima;

Selma Cordeiro de Lima;

Miguel Teixeira de Oliveira;

Adriana Câmara Silva Oliveira;

Omar Romero de Medeiros Dias;

Rodrigo Gaspar Dias;

Fabrício Lira Barbosa;

Rubem Ramos Pontes Neto;

João Bravo de Sousa Lemos;

Renato Gentil de Araújo Pereira;

Gutemberg Teodoro Alves.

Fraude na Merenda
Uma das ações ajuizadas pelo MPF dá conta da aplicação irregular de verbas repassadas por meio de programas federais de educação, para compra de merenda escolar. Nessa ação, além da formação de quadrilha, todos respondem por fraude em licitação. Ao todo, são oito acusados.

Obras Irregulares
A outra denúncia ajuizada envolve 10 pessoas. As ilicitudes se referem à má utilização de verba de convênios firmados com o Ministério das Cidades e aFundação Nacional de Saúde. Os recursos foram repassados para construir casas, pavimentar ruas e realizar obras de esgotamento sanitário. O ex-gestor é acusado de receber propina.

Penas previstas
O crime de desvio de verba pública federal é punido com até 12 anos de reclusão, mesma penalidade prevista para a corrupção ativa e passiva. Já a fraude em licitação pode receber até quatro anos de detenção, enquanto a formação de quadrilha pode resultar em até três anos de reclusão.

Fonte: Diário de Natal

Real Gourmet inaugura próxima terça-feira


O Real Botequim marcou para terça-feira a inauguração do seu empório Real Gourmet.  O espaço vai trabalhar com massas pré-prontas, molhos, salgados, doces e outras guloseimas do restaurante ou importadas por ele, que o cliente poderá levar para casa ou degustar no local.

Desde as famosas coxinhas de caranguejo, empada de queijo do reino, pastéis  e sanduíches (do cardápio do Real Botequim) e ainda coisas de tradição pernambucana, como os  bolos de rolo estarão no menu da loja. Grande parte dos produtos sairão da mesma cozinha do chef Romildo.

Fonte: Ao ponto por Cintia Lopes

Assassinato de F. Gomes completa 4 meses e crime continua sem solução


http://arquivos.tribunadonorte.com.br/fotos/66176.jpg
Fred Carvalho - Editor

O assassinato do radialista Francisco Gomes de Medeiros, o F. Gomes, completa quatro meses nesta sexta-feira (18). Para o Ministério Público, o crime continua sem solução, uma vez que a Polícia Civil não apontou provas contra o suposto mandante do homicídio. F. Gomes foi morto na frente da casa dele, na cidade de Caicó, no dia 18 de outubro do ano passado.

No mês passado, o promotor criminal de Caicó, Geraldo Rufino de Araújo Júnior, denunciou que as investigações estavam paradas. A polícia, em contrapartida, rebateu as críticas e disse que a apuração não foi interrompida.

Na semana passada, o delegado Márcio Delgado Varandas foi designado para dar continuidade e concluir as investigações. A reportagem do portal TN Online tentou entrar em contato com o delegado na manhã desta sexta (18), mas o telefone funcional dele estava desligado.

O promotor Geraldo Rufino desabafou mês passado: “Claro que nós não podemos contar detalhes da investigação, mas é importante que todos saibam da angústia que nós do Ministério Público e da Justiça estamos passando”.

Tribuna do Norte

Especial Meio Ambiente


IMAGENS DA PRÉVIA CARNAVALESCA DA AABB DE PATU



A Banda Ôba de Patu fez a abertura da prévia carnavalesca da AABB de Patu, realizada no último sábado, dia 12 de fevereiro.
Em seguida subiu ao palco a principal atração da noite, Thábata Mendes e sua banda
O público foi abaixo do esperado, mas a organização cumpriu com suas obrigações, mesmo tendo que amargar prejuízo.
A cantora mossoroense THÁBATA, ladeada dos organizadores: VIEIRA (PatuNews), RAMON (AABB) e DODÓ (Leão Produções e Eventos)
O professor e comunicador (FM Educadora Patuense) Fábio Praxedes e Thábata.
CLIQUE AQUI e veja mais imagens da prévia carnavalesca da AABB de Patu.

FONTE: PATU NEWS

Estado deve devolver os autos hoje


Ricardo Araújo - repórter

O prazo para o Estado devolver à Justiça os autos da inspeção veicular no Rio Grande do Norte termina hoje. Apesar da recomendação da Procuradoria Geral do Estado em cancelar o processo licitatório que originou o contrato entre a Inspar e o Detran/RN ter sido acatada pela governadora Rosalba Ciarlini, o procurador-geral Miguel Josino,  deve prestar esclarecimentos à juíza Valéria Maria Lacerda Rocha, acerca da liminar ajuizada pelo Ministério Público (MP) no início deste mês.
adriano abreuInspeção veicular no RN foi alvo da abertura de uma Ação Civil Pública por causa de irregularidadesInspeção veicular no RN foi alvo da abertura de uma Ação Civil Pública por causa de irregularidades
Cercada de irregularidades, a inspeção veicular no estado foi alvo da abertura de uma Ação Civil Pública (ACP), na qual os oficiais do MP sugeriram o cancelamento do processo licitatório.  Baseados em informações apuradas inicialmente pela TRIBUNA DO NORTE, os promotores solicitaram os documentos que originaram o contrato aos órgãos envolvidos e identificaram 15 erros que embasaram a abertura da ACP.

Miguel Josino afirmou que o estudo da documentação feito pela equipe da Procuradoria foi aprofundado e encontrou mais irregularidades do que as apontadas pelos promotores. No parecer entregue ao chefe do gabinete civil do Estado, Paulo de Tarso, no dia 9 de fevereiro, o qual a TN teve acesso, o ex-procurador do Detran/RN, Marcus Vinícius Furtado da Cunha, é citado como “múltiplo”, por ter deflagrado o processo que culminou com a assinatura do contrato com a Inspar, além de ter subscrito inúmeros documentos.

No item 26/inciso (i) do documento - Vícios de Validade Referentes à Qualificação Técnica do Consórcio Inspar – o procurador geral do Estado adjunto, José Marcelo Ferreira Costa, afirma: “...o ex-Procurador Geral (Marcus Vinícius) não só solicitou a deflagração do Processo Administrativo nº 82.519/2009-2-Detran por meio de Memorando nº 031/2009, de 6 de maio de 2009, mas também subscreveu os seguintes documentos: parecer jurídico, análise da proposta técnica e pesquisa mercadológica”.

 Um dos pontos mais questionáveis, o valor cobrado pela inspeção veicular no estado, é finalmente esclarecido por José Marcelo. De acordo com os documentos entregues pelo consórcio Inspar e Detran ao procurador geral adjunto, a pesquisa mercadológica foi elaborada também por Marcus Vinícius., que indicou os seguintes preços na planilha: R$ 126.45 , R$ 126.50 e R$ 132.30.

 Cita o documento assinado pelos procuradores gerais do Estado na página 17: “A Pesquisa Mercadológica, aposta às fls. 91 (noventa e um) do processo acima referenciado (82.519/2009) foi elaborada pelo Sr. Marcos Vinícius Furtado da Cunha, então Procurador Geral do Detran”. O que comprova, em outras palavras, que não houve um pesquisa de mercado verdadeira, visto que, no Brasil, apenas dois estados realizam a inspeção de emissão de gases poluidores em veículos atualmente.

Os relatores do estudo atestam que a empresa Inspetrans, sócia do consórcio Inspar, teve sua participação no certame comprometida por ter realizado o teste de emissão de gases em 241 ônibus urbanos que circulam em Natal. Para os procuradores, a participação da Inspetrans é uma afronta direta ao princípio da legalidade do processo licitatório.

Dentre outras inúmeras ilegalidades listadas por Miguel Josino e José Marcelo, há a de que o atestado de capacidade técnica firmado pelo ex-procurador geral do Detran é portador de vício de validade quanto à competência e motivo, o que compromete irremediavelmente o ato administrativo produzido e gera exclusão do consórcio Inspar do certame por falta de documento hábil para disputar o objeto licitado. O ex-procurador do Detran/RN, Marcus Vinícius Furtado da Cunha, foi procurado pela reportagem da TRIBUNA DO NORTE para comentar o parecer da PGE, no número de telefone cadastrado no site da Ordem dos Advogados do Brasil, mas não respondeu às diversas tentativas realizadas. 

Fonte: Tribuna do Norte

Deferido pedido para inserções partidárias do PT


O Partido dos Trabalhadores – PT teve seu pedido de autorização para inserções de propaganda partidária, para o ano de 2011, deferido pela Corte Eleitoral. O relator do processo, desembargador Saraiva Sobrinho, entendeu que o PT demonstrou o preenchimento dos requisitos legais, ratificando ainda a conformidade com a legislação eleitoral do plano de mídia apresentado pelo partido. O Ministério Público Eleitoral opinou pelo deferimento do pedido.

A propaganda partidária do PT será exibida em rádio e televisão, de acordo com o plano de mídia aprovado à unanimidade pela Corte Eleitoral, para o primeiro e segundo semestre de 2011.
Publicado por: Karla Neves

Previsível, deputado Antonio Jácome rompe com o grupo de Robinson Faria


Depois de ter perdido espaço por duas vezes nos últimos meses, o deputado estadual Antonio Jácome decidiu sair do grupo do vice-governador Robinson Faria (PMN).

Embora filiado ao PMN, ela já se declara independente do então líder político. Jácome pleiteou a presidência da Assembleia, mas foi preterido. Nos últimos dias almejou a liderança do partido na Assembleia, mas também perdeu para a deputada Gesane Marinho.

Resultado: sai da liderança de Robinson Faria, mas continua filiado ao PMN e defensor do 
Fonte: noticiasdorn.com

Home with right posts

?max-results="+numposts3+"&orderby=published&alt=json-in-script&callback=showrecentposts3\"><\/script>");

Home with right posts 2

Slider right list post