segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Henrique Alves e Fábio Faria reconduzidos à liderança na Câmara


O deputado Henrique Alves continuará sendo chamado deputado-líder por mais dois anos.
Hoje à tarde ele foi reconduzido à liderança do PMDB...com uma diferença em relação às outras 4 vezes em que foi conduzido à posição: o PMDB agora não é mais o maior partido da Câmara. Perdeu para o PT presidencial, que arrastado pelos votos da cabeça - Lula e Dilma - fez 88 deputados federais.
O PMDB ficou com 79.

Quem também deve ser reconduzido à liderança do partido é o deputado federal Fábio Faria.

Neste momento o PMN está reunido em Brasília com a presidente Telma Ribeiro.
Que já havia se comprometido com Fábio pelo menos pelos próximos seis meses.

Já o DEM - partido dos deputados federais Felipe Maia e Betinho Rosado, elegeu o deputado ACM Neto para líder na Câmara.


Thaisa Galvão 

A via-crúcis para ter banda larga



Comparado aos países desenvolvidos, o internauta brasileiro sofre com um serviço de banda larga lento, caro e ineficiente. As queixas registradas em órgãos de defesa do consumidor revelam que os gargalos são grandes e de difícil solução no curto prazo. Como saída, o governo Dilma Rousseff acena com o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) - cuja meta é cobrir, até 2014, 68% dos domicílios com internet rápida-, mas seus efeitos ainda são incertos. Enquanto isso, as conexões patinam. Levantamento da Cisco, em parceria com a consultoria IDC, mostra que 63,5% dos acessos usufruem de velocidade abaixo de 2Mbps (Megabits por segundo).


Para aumentar a qualidade dos acessos à rede mundial, o investimento no setor chegará a R$ 13,2 bilhões no país Foto: Eduardo Maia/DN/D.A Press
O número é mais alarmante quando visto sob critérios internacionais, como por exemplo o usado pela Comissão Federal de Comunicações (FCC) dos Estados Unidos. Com base nessa abordagem, o termo banda larga só pode ser atribuído a conexões de, no mínimo, 4Mbps. Quando o padrão americano é aplicado ao Brasil, a conclusão é de que praticamente não há internet de altavelocidade. Dos 12 milhões de acessos fixos no Brasil, cerca de 1 milhão tem velocidade de 255Kbps (Kilobits por segundo) ou menor. Os terminais que oferecem velocidades entre 256Kbps e 999Kbps são cerca 4 milhões.

No quesito preço, a situação é menos animadora ainda. A consultoria Teleco descobriu que, em média, paga-se US$ 28 (R$ 46) por uma conexão de 1Mbps, contra US$ 19,95 (R$ 33) desembolsados nos Estados Unidos. ´A tecnologia da informação e da comunicação afeta o crescimento e a banda larga afeta mais: um aumento de 10 pontos percentuais nas conexões de alta velocidade da internet resulta em um salto de 1,3 ponto percentual no Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas em um ano),`afirma Marcelo Ehalt, diretor de Engenharia da Cisco Brasil.

Com vista a esse potencial, o PNBL prevê investimentos de R$ 13,2 bilhões em cinco anos. A expectativa é triplicar a oferta de banda larga disponível hoje e, ao mesmo tempo, forçar as operadoras privadas a baixarem os preços, massificando o acesso àrede para famílias das classes C, D e E, bem como para o maior número possível de municípios.

Críticas

Não bastassem a velocidade lenta e o preço alto, o mau atendimento por parte das operadoras completa o cenário de descaso. Maria Inês Dolci, coordenadora da associação Proteste, revela que as reclamações mais comuns são falta de constância da velocidade prestada, obrigações contratuais que isentam de responsabilidade as prestadoras e queda do serviço. O Ministério Público Federal chegou a abrir um inquérito para apurar a qualidade do serviço de internet móvel 3G. ´Se perceber que está sendo lesado, o usuário deve registrar uma reclamação junto à operadora e guardar o protocolo para eventuais ações na Justiça`, reforça Maria Inês.

Diário de Natal

Drogas e celulares são apreendidos na Cadeia Pública de Natal


Uma ação realizada na manhã desta segunda-feira (31) na Cadeia Pública de Natal – antigo Presídio Provisório Raimundo Nonato –, Zona Norte, resultou na apreensão de drogas, celulares e armas. Ao todo foram recolhidos 73 aparelhos celulares, 52 carregadores, 51 chips, armas artesanais e facas de cozinha, uma balança de precisão, trouxinhas de maconha e de cocaína, além de sete pedras de crack.

A operação foi iniciada no início da manhã e terminou por volta das 13h. O trabalho de apreensão contou com o apoio de agentes penitenciários e 100 policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar. Todo o material apreendido foi encaminhado à Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania – Sejuc.
Foto Asscom
 
do noticiasdorn.com

Deputados do RN tomam posse e elegem nova mesa diretora nesta terça (01/02)


Os 24 deputados eleitos no pleito de 2010, tomam posse nesta terça-feira (01) para a 60ª legislatura. 

Na oportunidade elegeram a nova mesa diretora da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte para o biênio 2011-2012.

No mesmo dia serão realizadas duas sessões preparatórias. A primeira, marcada para as 16h, será conduzida pela atual presidente do parlamento estadual do RN, deputada Márcia Maia (PSB), para posse dos parlamentares. Logo após o término desta sessão, ocorrerá a eleição da nova mesa diretora.

Após as sessões de amanhã, os deputados só retornarão ao plenário no dia 15, para a leitura da mensagem anual pela governadora Rosalba Ciarlini e início dos trabalhos legislativos.

Nos primeiros quinze dias de fevereiro, o parlamento mantém o mesmo horário de funcionamento do recesso, das 8h às 13h, voltando ao seu horário de funcionamento normal a partir do dia 15. 

Fonte: noticiasdorn.com

Sogra do Deputado Nelter Queiroz(PMDB) será investigada pelo Ministério Público por “violação ao princípio da impessoalidade” quando era diretora da FUNDAC


A promotora Danielli Christine de Oliveira Gomes Pereira em exercício na 46ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público da Comarca de Natal vai investigar a sogra do deputado Nelter Queiroz (PMDB), Graça Motta, que até o ano passado era diretora-presidente da Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (FUNDAC).

Pesa contra Graça Motta, o fato de ter distribuído cartões natalinos com violação ao princípio da impessoalidade. A promotora solicitou à FUNDAC, as seguintes informações: a) Qual o número de cartões natalinos (idênticos ao cartão em anexo) adquiridos pela Fundação? b) Qual a origem dos recursos empregados na produção dos cartões (remetendo, para tanto, cópia dos documentos que demonstrem essa origem) c) Qual o valor total gasto com a confecção dos aludidos cartões? (encaminhar, para tanto, cópias das notas fiscais pertinentes, nota de empenho, etc).
Por Marcos Dantas - www.marcosdantas.com


Home with right posts

?max-results="+numposts3+"&orderby=published&alt=json-in-script&callback=showrecentposts3\"><\/script>");

Home with right posts 2

Slider right list post