quinta-feira, 28 de abril de 2011

STF decide: vaga de deputado é de suplente da coligação


http://exame.abril.com.br/assets/pictures/27370/size_590_Supremo_vota_piso_salarial_dos_professores.jpg?1302140146

De acordo com informações do Estadão, o Supremo Tribunal Federal (STF) voltou atrás e confirmou na noite de hoje por 10 votos a 1 que quando um deputado deixa o cargo para assumir um posto no Executivo, por exemplo, a vaga deve ser herdada pelo suplente da coligação e não do partido do parlamentar que se licenciou. Em decisões anteriores, o STF tinha determinado a posse de suplentes de partidos. "A coligação é uma escolha autônoma do partido. A figura jurídica da coligação assume status de 'superpartido' e de uma 'superlegenda' que se sobrepõe durante o processo eleitoral aos partidos que a integram", disse durante o julgamento a relatora do assunto no STF, ministra Carmen Lúcia. "Não seria acertado dizer que vagas pertencem ao partido coligado A ou B, se o coeficiente é calculado pelas coligações", afirmou.

Os ministros do Supremo julgaram dois mandados de segurança movidos pelos suplentes de partido Humberto Souto (PPS-MG) e Carlos Victor (PSB-RJ). Carmen Lúcia, que em fevereiro tinha decidido que as vagas deveriam ser assumidas por suplentes de partidos, mudou de posição e liderou a tese de que os postos são herdados pelos suplentes das coligações.

"Em caso de coligação não há mais que se falar em partido", afirmou durante o julgamento o ministro Joaquim Barbosa. "A lei eleitoral disciplina minuciosamente as coligações, estabelecendo que quando formadas por dois ou mais partidos políticos fazem as vezes dos partidos políticos."

"As coligações têm previsão constitucional. As coligações se formam e por meio delas se estabelece o coeficiente eleitoral", afirmou o ministro Ricardo Lewandowski, que também é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A ministra Ellen Gracie afirmou que o grande problema do sistema político partidário brasileiro "é a total ausência de ideologia nos partidos políticos". "O eleitor não vota em coligação", disse o ministro Marco Aurélio Mello, que discordou da maioria.

Se o STF tivesse concluído que a vaga deveria ser assumida por suplente do partido, a composição da Câmara poderia sofrer mudanças porque mais de 20 suplentes de coligações já tomaram posse na Casa. Na prática, o STF esvaziaria as coligações nas eleições proporcionais e executaria o único ponto consensual da reforma política.

Mas o tribunal confirmou um sistema já consolidado de preenchimento das vagas de deputados federais, estaduais e vereadores que se licenciam. Se tivesse acabado com esse sistema situações estranhas poderiam surgir. Em alguns casos não haveria suplente para substituir o deputado que se licenciasse. Em outras situações a Câmara teria de dar posse a suplentes com muito menos votos que o primeiro suplente da coligação.

A polêmica sobre quem deveria herdar as vagas na Câmara provocou reações no Congresso. A Câmara sempre deu posse ao primeiro suplente da coligação, seguindo orientação do TSE. Mas no final do ano passado surgiu a primeira liminar no STF determinando a posse do suplente do partido.

A Câmara resistia a cumprir essas decisões do Supremo, justamente por ter sempre seguido a mesma regra, que nunca fora contestada judicialmente. Ante essa resistência, ministros do tribunal chegaram a ameaçar a abertura de inquéritos caso houvesse o descumprimento das liminares.

O ministro Marco Aurélio Mello, por exemplo, chegou a pedir ao presidente do STF, Cezar Peluso, e ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel, providências cabíveis em razão da resistência da Câmara. No julgamento de ontem, ele disse lamentar que as decisões do Supremo não foram respeitadas pelo Legislativo.

Campanha de Vacinação - Febre Aftosa


A campanha de vacinação contra a febre Aftosa foi lançada hoje no Rio Grande do Norte, que tem como meta imunizar pelo menos 90% do rebanho total do estado, as vacinas começam a ser vendidas no dia 1º de Maio com a fiscalização do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN (IDIARN). 

A vacina é de extrema importância, já que o nosso estado se encontra na lista dos estados brasileiros de risco médio em relação à febre aftosa, mas com a ajuda de campanhas do governo e conscientização dos criadores, é possível ajudar no combate da doença, através do total controle das vacinações, com isso o RN pode se tornar área livre da febre Aftosa, contribuindo assim para uma nova realidade diante ao mercado da agropecuária. Sabendo que no Brasil boa parte da economia esta voltada para o mercado agropecuário, a febre aftosa é um dos fatores capaz de afetar diretamente na produção em que a estabilidade do comérico nacional e internacional, que depende exclusivamente da confiabilidade dos alimentos (origem animal), demonstrando assim a estreita relação que existe entra a saúde pública, o ambiente e o aspecto sócio-econômico.

De acordo com o Ministério da Agricultura, hoje no Brasil, 15 unidades da federação são reconhecidas pela Organização Mundial de Saúde Animal como livres de febre aftosa com vacinação: Acre, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, São Paulo, Sergipe, Tocantins e Distrito Federal, Como risco médio estão Alagoas, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí e a região Centro-Norte do Pará. E em alto risco encontram-se Roraima, Amapá e as demais áreas do estado do Amazonas.

O balanço total dos investimentos nesse ano para controlar a doença pode alcançar R$ 59 milhões e serão aplicados no apoio à manutenção e melhoria estrutural dos serviços veterinários, capacitação de pessoal, campanhas de vacinação estratégicas e trabalhos de educação sanitária. A previsão é destinar mais de R$ 93 milhões para a Saúde Animal.

A campanha de vacinação contra a febre aftosa do Rio Grande do Norte conta com o apoio do governo do estado, Ministério da Agricultura e da Pecuária, e de entidades representativas dos criadores das diversas raças no RN.

domingo, 24 de abril de 2011

Enquanto prefeito manda matar 26 cachorros, blogueiro sofre morte do bichinho que achou na rua


Exemplo bom: retirei do Diário Potiguar


Lendo uma matéria do Blog da Thaisa Galvão nos deparamos com uma notícia triste e ao mesmo tempo que ao mesmo tempo reacende a discussão sobre maus tratos a animais.

Um Blogueiro, que tinha um animal de estimação que faleceu devido a complicações cardíacas, fala da tristeza em perde um animal ao mesmo tempo que existem pessoas que matam indiscriminadamente.

Veja a Matéria na íntegra do Blog Thaisa Galvão:

Na semana em que o prefeito do município de Alto do Rodrigues manda executar, de uma só vez, 26 cachorros que, sem laudo comprobatório, botou na cabeça que eles estavam com calazar, o Blog registra a tristeza do blogueiro que, ao contrário do prefeito, chora a dor pela perda de seu cãozinho de estimação. Animal que, assim como o prefeito, ele encontrou na rua. Mas cuidou. E virou seu dono. 

Eis o relato do blogueiro que se inpirou aqui, nesse canto da rede mundial, para batizar o bichinho. 

Texto do www.willenmoura.com

VEJA QUEM ME INSPIROU A CRIAR UM BLOG. MEU CÃOZINHO CHAMADO BLOG FALECEU

Sempre atendo pessoas que estão vivendo momento de LUTO, mas nesta hora eu também estou passando por um. 

Gosto de animais e tenho estima por eles. Meu primeiro animal foi uma cadelinha que veio a óbito por causa de um atropelamento. Foi muito triste e aconteceu quando eu ainda era criança. Passei bom tempo sem querer ter animais de estimação devido ao fato de ter perdido esse, porém, em 2005 quando ainda estava na faculdade. Voltava de uma aula à tarde na sexta-feira quando vi aquela figurinha se mexendo nos matos em um terreno baldio. Era um cãozinho acinzentado com branco, com uma coleira cortada do Palmeiras e aparentemente estava perdido. 

Brinquei com ele e era muito engraçado. As pessoas pararam para ver o animal, então eu, que já era calejado por ter perdido a cadela, me despedi dele sem querer criar vínculos, mas, ele começou a me seguir e o fez até próximo da minha casa. 

Eu assustei ele para não vir até minha casa e ele com uma cara de triste voltou. Chegando em casa, conversei com minha prima que fazia Enfermagem,Glênia Moura e que estava nos visitando, contei a ela o ocorrido e, meio que ao mesmo tempo, tivemos a idéia de ir buscá-lo.
Corremos e ele ainda estava na esquina. Eu e ela o pegamos e levamos para casa. Minha mãe ignorou o fato, pois dizia que ele pudesse ter algum problema por estar solto na rua. Eu disse que daria um bom banho e levaria ao Veterinário. E assim eu fiz. Dei um banho, arrumei uma toalha, um lençol e o coloquei para dormir no “quintal” naquela noite. No outro dia levei ao veterinário onde o mesmo disse que com um pequeno tratamento ele ficaria bem haja visto que tinha passado uns dias na rua.

Voltando do veterinário resolvi passar em uma locadora e logo que parei o carro, um jovem abordou minha irmã dizendo que conhecia o cachorro. Nós fomos até o local onde o jovem informou e lá a dona dele disse que ele havia fugido, mas que não queria o cão haja visto que só tinha porque o filho insistia muito mas ela não conseguia cuidar bem dele a ponto dele tentar fugir. Aquela resposta era tudo o que queríamos para ficar de vez com ele.

Saímos tão felizes e levamos ele para casa, arrumamos um lugar melhor para ficar, porém faltou dar um nome para o animal.

O Nome de BLOG como surgiu?
Eu acessava muito a internet para pesquisar e via constantemente sites, porém nessa época existia um Blog que já despontava como um site de Sucesso, o
Blog de Thaisa Galvão. Minha irmã chegou no quarto justamente quando eu acessava a internet e lendo quem? Thaisa Galvão é claro. Eu tinha uma conta do UOL e lá tinha uma opção para criar Blogs, e minha intenção era de postar coisas relacionadas à Faculdade. 

Minha irmã me perguntou então: Como o cachorro vai se chamar?
Eu confesso que fiquei em dúvida, porém, quando ela disse que ele tinha uma carinha de Bola eu nem Hesitei, pois tinha acabado de acessar o Blog de TG, eu falei com força: VAI SE CHAMAR BLOG.
A decisão foi unânime. Todos acataram a idéia e passaram a chamá-lo de BLOG.

Blog nos acompanhou em todos os momentos. Tristes, Alegres. Sempre quando chegávamos em casa estressados, adivinha quem vinha pulando nos receber? Claro que era Blog. Que ser humano seria capaz de gostar tanto de uma pessoa como o Animal?

Passamos um momento BARRA em 2005, 2006, quando acabaram as festas que nossa família fazia em prol de uma fundação e também por outros motivos que não quero citar. Esse momento deixou-nos cabisbaixos, mas com a presença deste animal por incrível que pareça, foi possível superar. 

È meus caros leitores. Hoje eu tomei uma decisão. A vida de um simples cão me fez fortalecer um antigo sonho, o sonho de ser médico.

Desde criança que alimento o sonho da Medicina, porém, o caminho da vida me legou para outros “lugares”, outras perspectivas e sempre me distanciava e me aproximava do meu sonho. 

Na verdade eu descobri que procurava maturidade suficiente para entrar no curso de Medicina. 

Pode parecer fácil para muita gente decidir isso, porém, para mim essa decisão se tornava difícil, pois sempre tinha em mente que eu deveria me entregar de corpo/mente na causa de salvar vidas, e não esperar para depois. 

Sei que a vida é curta e entendo a hora que chega para cada um de nós, inclusive para os animais, porém é necessário que procuremos nos atualizar de novas maneiras de salvar vidas ao mesmo tempo de procurarmos minimizar o sofrimento. 

Há muito tempo esperava um motivo, algo que me motivasse e que eu sentisse a real necessidade de fazer, pois achava que a vontade de cursar medicina era apenas passageira, porém, hoje descobri que não. E assim vou fazer. 

Nos últimos dias estava muito “ligado” nas coisas relacionadas ao Jornalismo e à Psicologia.
Eventos, Coletivas, algumas viagens, porém, existem muitas pessoas que podem fazer melhor do que eu, por esse motivo vou diminuir a minha carga de postagens que faço aqui e principalmente em outros veículos de comunicação para me dedicar à medicina.

Voltando à história, muita gente não entendia por quê eu gostava tanto de ler
Thaisa Galvão, e eu digo: Ela pode ser uma jornalista forte nas palavras, mas vejo nela uma pessoa de bom coração e pela qual foi quem inspirou a colocar o nome do meu Cãozinho de Blog e ele quem me inspirou também a criar um. 

Vejaimagens do meu silencioso amigo que, em brincadeiras, chamávamos de Blog Nildo da Silva Moura.rs


Blog...


Blog quando chegou à casa de Willen


VEJA O Vídeo que gera polêmica


sexta-feira, 22 de abril de 2011

Da Série Descaso em Parnamirim: Greve dos Engenheiros e Arquitetos pode deixar a cidade em situação crítica


Essa Matéria foi publicada no Diário Potiguar e serve para mostrar como a prefeitura está tratando "bem" o funcionalismo e a população.

 Engenheiros e Arquitetos em  Greve Reivindicam melhores salários e valorização Profissional  

Importância da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo de Parnamirim

Para que uma prefeitura consiga realizar projetos que beneficiam a população é necessário que haja receita no município. Alguns exemplos de arrecadações que geram receita para a cidade são o IPTU, FPM, recursos Federais e principalmente os valores decorrentes de construções e legalização imobiliária.

Há muitos anos os munícipes de Parnamirim vêm sofrendo com o descaso da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo - SEMURB. Muitas são as reclamações.

Para se ter uma idéia, para que seja iniciada uma construção é necessário que haja um alvará emitido pela secretaria. Esses alvarás que deveriam ser entregues em no máximo 30 dias, duram até anos, fazendo com que os construtores iniciem as obras sem a devida documentação para o cumprimento de contratos. Essa atitude foi até sugerida pela Ex-Secretária, Ana Michele. Ela, em conversa com um construtor que reivindicava o alvará, mencionou que o mesmo poderia iniciar as obras e depois aguardar a licença para a construção. O mais grave é saber que esse procedimento gera multas altíssimas e os munícipes ficam no dilema: Construir sem Alvará e levar multa ou não construir e ficar muito tempo na espera para a liberação?

Além do problema da questão da emissão dos alvarás, existem outras situações como demora na análise dos processos, perda de documentos e projetos, processos que são arquivados sem explicação, sem contar com os diversos erros de digitação que prejudicam o cidadão ao levar o documento ao cartório e ter que sempre aguardar novo prazo que leva em média 14 dias. Imagine, se para cada erro da SEMURB o contribuinte ter que esperar 14 dias para que seja analisado no cartório.

O péssimo Atendimento

Um contribuinte identificado por Sérgio que utiliza os serviços da SEMURB de Parnamirim relata que, constantemente é mal atendido pelos funcionários. Existem algumas pessoas lá que não tem educação, “blindam” as informações, erram a digitação, demoram para analisar, não autorizam o acesso aos setores, que é público, e, no fim, ainda tratam mal e com hostilidade. Isso sem dúvida é irritante e faz com que os empresários e contribuintes deixem de construir na cidade ou usem a ilegalidade para iniciar as obras. 

A cobrança do ISS

Uma outra situação que é polêmica é a cobrança de Imposto Sobre Serviço - ISS dos construtores, muitos se perguntam o porquê de estarem sendo cobrados já que a construção não se caracteriza como um “serviço”. 

Os Problemas da SEMURB

Para os funcionários da SEMURB essa situação acontece devido ao fato da inserção de cargos comissionados que não são técnicos e conseqüentemente não conhecem o trabalho.
Os Arquitetos e Engenheiros informaram à nossa equipe que pessoas que não estão aptas para realizar análises em processos simplesmente são contratadas pela Prefeitura, ganhando quase os mesmos vencimentos dos profissionais.

Greve: Arquitetos e Engenheiros à espera de um posicionamento da prefeitura
A greve dos engenheiros e arquitetos de Parnamirim já está entrando para o 3º mês.

Devido a todos esses problemas enfrentados pelos contribuintes e pelos Arquitetos e Engenheiros de Parnamirim, os servidores do município resolveram entrar em greve  reivindicando aumento de salário, adequação do trabalho e valorização profissional.

Para se ter uma idéia os profissionais recebem vencimentos de algo em torno de R$ 1.200,00 para realizar os trabalhos que ficam acumulados devido aos contratados não estarem conseguindo “dar conta”.

Eles reivindicam salários de R$ 3.800,00 e tomam como base a Lei Federal 4950-A/66.
Segundo informações repassadas pelos grevistas, houve uma conversa preliminar, mas nada houve de consenso.

Em fevereiro, a Juíza da Vara da Fazenda Pública de Parnamirim procedeu o despacho dando um prazo de 60 (sessenta) dias para que a parte ré (Prefeitura de Parnamirim) ofereça resposta à demanda, ou seja, contrargumentar às reivindicações dos arquitetos e engenheiros em greve.

O mais grave de tudo é que, segundo informações, não houve ainda uma negociação concreta pois os cargos comissionados continuam trabalhando no lugar dos profissionais e, para a prefeitura, está tudo correndo na normalidade.

Mesmo assim, quem utiliza os serviços da SEMURB sabe que a situação se agravou e os processos estão simplesmente encalhados e sem resolução, nem análise.

Segundo informações do Sindicato dos Arquitetos, registradas em um grupo de discussão dos grevistas por André Souza, para evitar irregularidades no exercício da profissão, o CREA-RN iniciou fiscalização nas secretarias municipais (já fez na de Obras) e hoje inicia avaliação em *meio ambiente e urbanismo*) à procura das devidas ART’s (Anotações de Responsabilidade Técnica) para as obras e análises para liberação de alvarás de empreendimentos no município. 

O *Ministério Público* também deverá ser convidado a examinar tal situação.
De fato, qualquer poder de negociação dos grevistas se acaba quando outras pessoas ocupam seus lugares e isto deverá ser coibido caso estes novos trabalhadores não disponham de atributos legais para tal. 

A negociação por melhores salários destes servidores já é algo buscado há anos. 

A queda da Arrecadação

A má qualidade nos serviços à População em decorrência desses problemas apresentados gera uma série de transtornos e principalmente a queda na receita do Município. Essa queda acontece principalmente devido aos atrasos na análise e liberação de documentação o que deixa tardia a cobrança dos impostos referentes aos processos. Além disso, o fato da dificuldade nos trâmites e nos constantes erros afastam os empreendedores da Cidade de Parnamirim e fazem com que o Desenvolvimento e a própria arrecadação diminua, gerando uma imagem negativa ao Município.

domingo, 17 de abril de 2011

quinta-feira, 14 de abril de 2011


Andrielle Mendes - repórter

Representantes das distribuidoras e postos de combustíveis de Natal se reuniram hoje com a prefeita Micarla de Sousa e se comprometeram a refazer os cálculos e baixar os valores praticados. Eles ainda não afirmaram se será possível reduzir o preço da gasolina para R$2,75, preço médio praticado antes do último reajuste. Os resultados serão apresentados amanhã durante uma nova reunião.

alex régisCompromisso foi firmado após reunião com a prefeita Micarla de Sousa, na manhã desta quinta-feira (14 
A negociação durou quase uma hora e foi realizada a portas fechadas, como a que ocorreu ontem com os donos de postos. A imprensa não pode acompanhar a discussão. Os representantes das distribuidoras não quiseram falar com a imprensa. Hoje mais cedo, o Sindipostos realizou uma coletiva e se colocou como 'mero repassador de preços'.

Representantes do Ministério Público do RN, OAB e Câmara Municipal de Natal também participaram da reunião com a prefeita. Ela agendará uma reunião com a governadora para tentar reduzir o ICMS da gasolina.

Coletiva

Durante coletiva de imprensa realizada na manhã de hoje, o Sindipostos se propôs a estudar as planilhas, mas disse que se 'não repassar o preço, os postos quebram'. O sindicato afirmou que o reajuste do ICMS impactou o preço final da gasolina, mas que esse não foi o único fator. Eles reclamaram do
reajuste repassado pelas distribuidoras e da alta carga tributária que
incide sobre a gasolina comum. 

Fonte: TRIBUNA DO NORTE

Nova Parnamirim sofre com falta de Saneamento



Fonte: Diário Potiguar

Os moradores do Bairro de Nova Parnamirim, em Parnamirim-RN, estão vivenciando um dilema dualista. Desenvolvimento X Descaso.

De um lado está um bairro que é considerado o que mais se desenvolve na Grande Natal e de outro o descaso de faltar infraestrutura para uma região que possui um elevado valor de IPTU.

Muitos problemas já foram mostrados aqui no Diário Potiguar e reivindicados pela Associação de Moradores de Nova Parnamirim. Ruas sem calçamento no Portal do Jiqui, a questão da Avenida Petra Kelly(em andamento), Unidades de Saúde que só beneficiam Natal, Ruas consideradas calçadas, porém, sem calçamento, Quadra de Esporte sem manutenção e sendo local de uso de drogas (Quadra Domus), Buracos na Avenida Maria Lacerda Montenegro, na altura da Igreja Universal e Shopping Reis Magos, Alagamentos na Avenida Abel Cabral, entre outras.

A última má notícia em relação à Nova Parnamirim veio de uma internauta, Débora Oliveira, que publicou uma foto no Twitter mostrando o descaso da prefeitura com a área do bairro conhecida como IPE III.

Nas fotos fica claro que não há saneamento no local. Até o que se consta, as obras do grande projeto de Saneamento Básico de Parnamirim estão paradas e possivelmente a região mencionada não será contemplada. Muitas prefeituras que elaboram projetos de saneamento já incluem a drenagem, porém, no caso de Parnamirim, além de parado o projeto parece não contemplar a drenagem.

Uma região sem infraestrutura adequada acaba sendo alvo fácil de enchentes e inundações e dessa forma se algo não for feito em Nova Parnamirim as próximas chuvas serão fatais para o bairro.

O que é mais alarmante é saber que essa situação já é vivenciada pelos moradores há anos e ao que parece nenhuma atitude foi tomada.

Dengue Toma Conta de Parnamirim


No dia 7 de abril próximo passado, a TN divulgou que os médicos, enfermeiros, atendentes, agentes comunitários e outros funcionários públicos de Parnamirim realizam uma caminhada em comemoração ao Dia Internacional da Saúde.

A caminhada saiu da Maternidade Divino Amor para a Praça da Paz de Deus, no Centro, onde foram montadas barracas para verificação da pressão arterial, teste de glicemia e avaliação física. Também haverá distribuição de material sobre como proceder para evitar o mosquito da dengue.

Enquanto isso os Agentes de Saúde de Parnamirim estão fora de suas funções, os que ficaram não dão conta do trabalho, a DENGUE cresce todo dia, enquanto isso para o lugar dos funcionários que foram para outros setores e foram treinados para tal função, estão colocando CABOS ELEITORAIS de vereadores.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Moradores ironizam Slogan da Prefeitura de Parnamirim por causa de grande alagamento na Abel Cabral


Uma internauta divulgou uma foto da Av. Abel Cabral que está alagada e se notarmos uma pedra no centro da imagem e lermos o que diz veremos:  SIM! LAGOA DE PARNAMIRIM
 http://s3.amazonaws.com/twitpic/photos/large/276087679.jpg?AWSAccessKeyId=AKIAJF3XCCKACR3QDMOA&Expires=1302750271&Signature=yxPnFhbDu0JjooAUVV4oycGWAas%3D
A twitter Débora Oliveira, que é moradora do bairro e que tem toda razão em reclamar desse descaso, ainda completa:

"Financiou um apartamento em Nova Parnamirim? VENDA, ou esse será seu caminho para casa. "

Escondendo a DENGUE


Estão escondendo os números da DENGUE de Parnamirim. Um amigo meu hoje trabalhando como Agente de Saúde, em Parnamirim me contou uma história estarrecedora, a ZONA em que se encontra o combate ao mosquito da DENGUE no em Parnamirim.

São 35 áreas sem cobertura na cidade, os agentes que foram treinados para combater da dengue foram desviados de suas funções, passaram a ser motoristas e listam na relação do Ministério da Saúde em suas funções.

Não permitindo a Prefeitura fazer novo concurso e nem treinar nem contratar em convenio com o Governo Federal. Fazendo contratações políticas de pessoas sem compromisso ou treinamento algum.

Apenas entregam a bolsa de trabalho e mandam o sujeito para a área designada e pronto. Aí vem o Sub-secretário dizer que a DENGUE está com 300% o mesmo período do ano passado.

Procurou alguns vereadores para fazer a denuncia, mas sentiu que os mesmos querem mais é indicar seus cabos eleitorais para trabalhar sem receber qualquer tipo de treinamento o importante é o dinheiro.

Os tais CARGOS chegam nas casas e apenas perguntam se tem mosquito. Se a resposta for não eles nem entram na residência.

Pior de tudo é que os poucos Agentes CONCURSADOS que foram contratados não pode nem denunciar pois têm filhos para criar. Inclusive alguns já foram até jurado de morte pelos cargos dos vereadores, pois ele tenta pressionar os sem vergonhas  a trabalhar direito.

Fonte: parnamirimsim.blogspot.com

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Cauby Peixoto fará show, em julho, no Teatro Riachuelo


Cauby Peixoto: 60 anos de música.

Em fevereiro de 2011 Cauby Peixoto comemorou 60 anos de carreira como um dos grandes intérpretes da nossa música popular.

Nascido em Niterói (RJ), Cauby Peixoto nasceu em família de músicos. Seu pai é o violonista Cadete e um de seus primos é Cyro Monteiro. Seus irmãos também se destacaram na área artística: Moacyr Peixoto como pianista, Arakén Peixoto como trompetista e Andyara como cantora. Estudou em um colégio de padres salesianos em Niterói, onde chegou a cantar no coro da igreja. Começou a cantar no rádio em 1949 e a partir daí segue carreira de sucesso. É considerado um dos mais populares cantores do Brasil e um dos mais bem sucedidos remanescentes da Era do Rádio.

Breve Histórico

Aos 16 anos Cauby Peixoto começava os primeiros passos como cantor. Seus ensaios iniciais se deram em uns programas de calouros, como o chamado a "Hora dos comerciários" da Rádio Tupi, atuando logo em seguida como crooner em diversas boates do Rio de Janeiro.

Cauby Peixoto Barros herdou de sua família a genes da música, seu pai tocava violão, sua mãe bandolim, os irmãos instrumentistas e seu tio grande pianista. Ganhou fama pelo seu timbre de voz grave e aveludado, bem como seu estilo que inclui figurinos e penteados excêntricos. Sua capacidade de interpretar músicas em inglês impressionou o empresário Di Veras, que criou aos poucos estratégias de marketing, da qual era constituída a maneira de se trajar, do repertório e apresentação de palco.

Em 1955 Cauby Peixoto gravou seu primeiro LP - Blue Gardênia,  uma música do repertório de Nat King Cole, nesse mesmo ano o mito da nossa música popular, foi escolhido "o melhor cantor do ano" pelo o Crítico Silvio Túlio Cardoso da coluna Discos Populares do Jornal o Globo recebendo como prêmio um "Disco de Ouro".

O cronista Louis Serrano do jornal O Globo em sua coluna "Cartas de Hollywood" escreveu sobre ele: "Quem tem recebido elogios rasgados por aqui, é o jovem e modesto Cauby Peixoto. Não posso deixar de trazê-lo muitas vezes à minha coluna, sabendo como por aí devem estar seguindo os passos deste cantor que veio aqui gravar e está despertando tanto interesse que agora mesmo um caçador de talentos do Arthur Godfrey Show, de Nova York, anda procurando-o por toda a parte."

O maior sucesso gravado por Cauby Peixoto é uma composição de Jair Amorim e Dunga, a gravação original é de 1956 e até hoje é interpretada nos shows como se fosse um hino de sua carreira. Não há uma apresentação de Cauby, que no final ele deixe de cantar a música Conceição.

Cauby Peixoto foi considerado pelas revistas "Time e Life" como: "O Elvis Presley brasileiro." Convidado para uma excursão aos EUA, onde gravou, com o nome de Ron Coby, um LP com a orquestra de Paul Weston, cantando em inglês.

Cauby Peixoto é um dos mais populares cantores do Brasil e um dos mais bem sucedidos remanescentes da era do Rádio. Há cinco anos, gravou um DVD para comemorar seus 55 anos de carreira. Depois vieram Cauby canta Baden, Cauby interpreta Roberto Carlos e Cauby sing Sinatra. Há seis anos se apresenta semanalmente em São Paulo. Os shows já fazem parte do calendário cultural da cidade.

O retorno

Com mais de 10 anos sem vir a Natal (RN), Cauby Peixoto retorna a cidade com um repertório repleto de sucessos para comemorar seus 60 anos de música em um teatro à sua altura.

(*** texto contêm trechos escritos por Clemildo Brunet e Tambores Comunicação)
 
Serviço:
 
Ponto de venda: a confirmar
Início das vendas: a confirmar
 
Plateia A e B: R$ 120 (inteira) R$ 60 (meia)
Camarote: R$ 120 (inteira) R$ 60 (meia)
Frisa: R$ 120 (inteira) R$ 60 (meia)
Balcão Nobre: R$ 100 (inteira) R$ 50 (meia)
 
Fonte: Diário Potiguar

Telefones públicos estão virando alvo de vandalismo em Patu


Foto: Bruno Campelo
 "Orelhão" localizado na calçada do CAJIM 

Fui procurado por um leitor do blog que me informou sobre um problema que afeta várias cidades do país, que infelizmente tem ocorrido com certa freqüência na cidade de Patu: A DESTRUIÇÃO DE TELEFONES PÚBLICOS, os chamados "orelhões".

Um instrumento, que serve para diminuir distâncias e em sua maioria resolver problemas, não está sendo visto desta forma por pessoas que por pura maldade os destroem sem nenhuma motivação. 

Fui conferir a informação e constatei que de fato, existem "orelhões' danificados, como alguns que ficam localizados no Bairro do Quartel, Centro e o caso mais evidente do VANDALISMO pode ser conferido no telefone público que fica localizado na calçada da UERN- CAJIM, que está completamente inutilizável.

Infelizmente ainda existem pessoas que desperdiçam seu tempo destruindo bens alheios, ao invés de procurar realizar algo de produtivo para si mesmos e principalmente para a sociedade, que sempre sai perdendo com atitudes deste tipo.

Fica alerta...
 
Fonte:Blog do Campelo

sexta-feira, 1 de abril de 2011

O Grande erro do nominuto.com


Quem estava acostumado a entrar no site nominuto.com deve estar se sentindo frustrado.

A questão é que, pela segunda ou terceira vez, o site sai do ar por crise.

Da primeira vez inexplicavelmente o nominuto.com de Diógenes Dantas saiu do ar e muitas pessoas procuraram o Jornalista mas não o encontraram. A última crise do nominuto parece que foi maior e fez com que o jornalista decretasse, ao que se escuta, praticamente a falência da empresa.

Muito se expeculou sobre esses "foras" do nominuto e muitos internautas, apesar de tristes com a situação, ficaram revoltados com tudo, principalmente devido ao fato de, cada vez que se expecula uma crise, o site fica fora do ar.

A pergunta é: Quantas vezes o Diário de Natal, que passou por uma crise recente, ficou fora do ar?

Quantas vezes o Tribuna do Norte, que sobrevive do jornalismo, saiu do ar?

Enfim. Com excessão de problemas técnicos ou desistência, as empresas não tiram o site do ar.

Essa atitude do nominuto, com todo respeito a Diógenes, parece mais uma briga de casal indeciso onde toda vez que há uma briga ou um deslize ameaçam se separar e, no caso do site, sair do ar.

É lamentável perder um veículo de comunicação como o nominuto, porém, mais lamentável é sermos vítimas de um site que sai do ar todo ano para virar a notícia do século.

Nós, pessoas que não somos manipuladas pelas mentes pensantes, devemos analisar se realmente é a melhor opção voltar a creditar nossa confiança no nominuto.

Será que ocorrerá mais uma vez?

Será que, quando precisarmos de uma notícia ele, o site, não nos decepcionará em estar fora do ar?

Pois bem, não somos um portal, sabemos da dificuldade que é manter, porém, se você está disposto a ser um Portal de Notícias, então é melhor não ficar fora do Ar.

Essa atitude do nominuto, em mais uma vez sair do ar, foi um ERRO.

nominuto.com voltará a funcionar na terça-feira: Verdade ou mentira?


Estão havendo alguns comentários no twitter e que falam da possível volta do nominuto na terça feira. Será verdade? será que o nominuto vai voltar?

Uma coisa é certa. Apesar do nominuto ser um respeitado site estamos ficando desacreditados com essas altas e baixas. Toda vez o nominuto sai do ar e depois volta. Tá virando piada de mau gosto.

nominuto.com (nominuto) sem previsão de retorno


Parece que a crise foi grande mesmo.

O portal nominuto.com está fora do ar há mais de 1 mês e não há previsão de retorno.
enquanto isso os leitores podem enviar sugestões para nosso site de como podemos melhorar a cada dia e trazer algumas notícias do nosso estado.

COMENTE E DEIXE SUA SUGESTÃO PARA SABERMOS COMO PODEMOS MELHORAR.

Home with right posts

?max-results="+numposts3+"&orderby=published&alt=json-in-script&callback=showrecentposts3\"><\/script>");

Home with right posts 2

Slider right list post